segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Esperando

Olho nos seus olhos e vejo
A doçura selvagem
De mãos firmes
Que despertam desejos
Um toque suave
Que transborda em arrepios
Olhar que desconserta
E paralisou o meu em você
Induzindo sonhos
Me faz querer
Desenhar os meus lábios em seu corpo
E ao mesmo tempo
Me faz ter calma
Mesmo com a espera
Me deixa ter humor de menina
Chegou tão de repente
E me tirou totalmente da rotina.


Malu Aguiar

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Segredo

 Me diz porque
O errado hoje parece tão certo
Sem sua boca sou deserto
Em que nada faz brotar
Me diz porque
Os dias são tão longos
E as horas tão cruéis
Quando não posso ter você
Me diz porque
Só é preciso chegar perto
Um toque, ainda que discreto
Para uma chama acender
São os lhos que se cruzam
As bocas que se procuram
As mãos que buscam o calor da pele
Arroubo juvenil
Que às vezes esquece as consequências
Desse sentimento clandestino. 

Malu Aguiar

Para você

Noite fria
Horas lentas
Pensamentos desordenados
E você em minha mente
As  lembranças a todo tempo vindo à tona
Beijos demorados
Abraços que aconchegam
Sorrisos sem motivo
Então me pergunto onde você está
Uma lágrima rola
Acompanhada de um sorriso
Lembranças... 
Foi tão rápido e intenso
Como poeira ao vento
Tempestade de areia.  

Malu Aguiar

terça-feira, 27 de junho de 2017

Requiem Aeternam

De você não quis perfeição
Pois isso nem eu mesma tenho
Quis apenas amor
Sentimentos verdadeiros
Carinho sem espera ou recompensa
Aquele arrepio bom
Que surge quando a gente pensa
Relembra
Para você eu quis o bem
Desejei as melhores coisas
Quis ser melhor a cada dia
Consertar em mim
O que antes achei que não poderia
Quis ser canção
Para embalar as tardes de tédio
O vazio da distância
Mas com o tempo tudo foi mudando
O castelo construído
Com suspiros noturnos
Sorrisos e lágrimas de saudade
Começou a ruir
Você foi se transformando
Em algo que eu nunca imaginei
Não quis acreditar
Relutei...
Agarrei-me às boas lembranças
Como náufrago em busca de salvação
O que eu não sabia
Era que machucava mais e mais
Meu coração. 


Malu Aguiar


terça-feira, 8 de novembro de 2016

Saudade

Lembranças
Só o que me resta
Nessa noite fria
De primavera sem cor
A sombra de um sorriso
As sobras de um abraço
A lua
Companheira de pensamentos
Hoje me castiga
Com as lembranças de noites felizes
Que nunca mais irão voltar
A luz da lua
Ilumina o quarto vazio
O seu cheiro
O seu travesseiro
Tudo ainda está aqui
E permanecerá
Ainda que o tempo queira apagar
Você sempre estará em mim
Sempre lembrarei de você
Porque nada, nem o tempo,
Me fará te esquecer.  


Malu Aguiar 

Sorriso

Quando você sorriu
Senti o céu se abrir sobre mim
Como se um raio de sol
Ultrapassasse as nuvens
Apenas para me avisar
Que era o início de uma nova história.
Quando você me beijou
Perdi por alguns segundos o sentido
Senti como se flutuasse
Levada por uma leve brisa
Que saiu da sua boca
E tomou a minha respiração
Me fez sonhar
Me fez sentir
Que talvez o “para sempre” exista
Que finalmente
Alguém encontrou o caminho
Para o meu coração
Quando você entrou na minha vida
Tudo que era cinza virou cor
E eu senti
Finalmente senti
O que é o amor.


Malu Aguiar 


sexta-feira, 4 de novembro de 2016

E se partir?

Não existe coisa pior do que você desejar que uma pessoa fique, quando ela já decidiu partir!


Eu sei que algumas pessoas irão dizer: “Existe sim, estar doente, blá blá blá...”, entendam uma coisa, para os apaixonados, perder alguém é o mesmo que adoecer, a dor da perda é imensurável, pelo menos nos primeiros dias, é um sentimento indescritível! Então parem de querer medir a dor dos outros, que coisa feia! 

Voltando ao assunto, nós nos sentimos desgastados, como se vivêssemos numa eterna queda de braço, um cabo de guerra, sabe aquele ditado: “Dar murro em ponta de faca”? Pois é, exatamente isso! E o que acontece se caímos na insanidade de esmurrar a ponta de uma faca? Nos machucamos não é verdade?  Assim mesmo acontece quando colocamos a birra do coração na frente da razão. Muitas vezes nem sabemos mais porque queremos a pessoa ao nosso lado, mas, aquela teimosia que habita em nós só para causar desordem, quer porque quer que a gente permaneça e que alimentemos relações que são claramente destrutivas.  

Então, o que fazer quando alguém não deseja mais ficar? Vá aprender um tricô, aprender corte e costura e seja feliz! Mentira, só zoeira! O certo seria sentar, conversar, saber o motivo do desejo de partir e depois avaliar, tem conserto? Posso mudar alguma coisa? Se as respostas forem NÃO, então, espere ele sair (se você conseguir ser suficientemente forte, leve as malas até a porta), tranque a porta, chore o quanto quiser e achar necessário, tire um tempo pra você, viaje, conheça outras pessoas, saia mais com seus amigos, tente ao máximo se afastar da pessoa que não te quer mais. 

 Ponha uma coisa na cabeça, só existe uma pessoa que devemos obrigar a nos amar, nos mesmos! Quando deixamos de nos amar e nos respeitar passamos a aceitar muitas coisas que não merecemos. Portanto, ame-se! Valorize-se! A vida é curta demais para empacarmos a vida esperando em frente ao portão por alguém que resolveu partir e que talvez nunca mais volte. 

Malu Aguiar 

Resultado de imagem para dar adeus a quem se ama